LANÇAMENTO DO LIVRO CRÒNICHE



LANÇAMENTO EM FLORIANÓPOLIS


Publicação Jornal Folha da Cidade

 


LANÇAMENTO EM BENTO GONÇALVES
http://e-ipol.org/bento-goncalves-rs-sediou-o-19o-encontro-dos-difusores-do-talian-e-v-forum-da-lingua-talian/
Publicado em 18/11/2015

Bento Gonçalves-RS sediou o 19º Encontro dos Difusores do Talian e V Fórum da Língua Talian

Nos dias 13, 14 e 15 de novembro de 2015, o município de Bento Gonçalves sediou a 19ª edição do Encontro Nacional dos Difusores do Talian e V Fórum Brasileiro da Língua Talian. Os eventos foram promovidos pela Associação dos Difusores do Talian (ASSODITA) e pela Federação das Associações Ítalo-Brasileiras do Rio Grande do Sul (FIBRA/RS) e reuniram entidades italianas, radialistas e difusores do Brasil.

Na sexta-feira, 13, as palestras foram proferidas por Ana Paula Seiffert, do Instituto de Investigação e Desenvolvimento em Política Linguística – Florianópolis – SC; e José Clemente Posenato – da Universidade de Caxias do Sul – RS.

O sábado, 14 de novembro, teve a participação de diversos profissionais:
- Talian come se scrive e se parla. Darcy Loss Luzzatto – Pinto Bandeira – RS, Júlio Posenato – Porto Alegre – RS.
- Talian ensino na rede privada Aladir Ferro – Serafina Corrêa – RS.
- Talian Língua Cooficial ao Português – Experiência Municipal, Morgana Rech – Serafina Corrêa – RS.
- Talian na Diversidade Linguística Nacional, Paulo Massolini – Pres. FIBRA -Língua Talian como Comunicação. Representando (AGERT) Roberto Cervo – Porto Alegre – RS.
- O Jovem e a Língua Talian, Alex Eberle – Flores da Cunha – RS.
- Diversidade Linguística e Governo, João Tonus – Caxias do Sul.
- Lançamento do livro “Croniche de un Talian”
20:30 – JANTAR FESTIVO
- SECONDA NOTE VÈNETA.
- ENTREGA TROFÉU E DIPLOMA MÈRITO TALIAN E 140 ANOS DA IMIGRAÇÃO ITALIANA.
- BAILE COM MUSICAL GIRAMONDO.
- Local: Sociedade Educativa Barracão.

No dia 15 (domingo):
09:00H – Fé e religiosidade Dei Nostri Taliani – Ato Religioso com Pe Alberto Treméa
- Temas livres
- Microfone aberto.
- Meios de Comunicação e Site da ASSODITA.
- Carta de Bento Gonçalves.
- Assuntos Gerais.
O encerramento aconteceu no almoço na Comunidade Linha Paulina e na oportunidade foi decidido que o próximo encontro será em São Miguel D’Oeste – SC.
Agradecemos a presença de todos os participantes, Radialistas, palestrantes, difusores, imprensa e a todos que contribuíram para o sucesso deste evento.
Fonte: ASSODITA


 



Publicação Jornal Rio Grandense


Publicação Jornal Rio Grandense


LANÇAMENTO NA SERRA TALHADA - PE
http://www.dahoraonline.com/index.php?ap=2&noticia=13181


Talian no CNPC
16/12/2015 - 20:06:26

Participar do CNPC – Conselho Nacional de Política Cultural um dos canais de diálogo do governo federal com a sociedade civil dando visibilidade à cultura Taliana. Para alcançar este objetivo se empenharam Euracelia Pilonetto Reginato, de Seara, Jordão Zanella, de Concórdia, Aliduino Zanella, de Caçador e Nedi Terezinha Locatelli, de Ipumirim, concorrendo a vagas nos Colegiados Setoriais de Música e de Patrimônio Imaterial.


Representantes do Talian Ino X Encontro Nacional da Cultura Popular, em Serra Talhada,– Jordão, Nedi e Aliduino

 

O processo eleitoral para os delegados estaduais aconteceu nos meses de setembro e outubro e foi virtual. Mais de 70 mil brasileiros participaram da votação. A etapa nacional aconteceu no decorrer de novembro em eleições presenciais nas cidades de Brasília, Rio de Janeiro e Serra Talhada – PE onde também aconteceu o IX Encontro Nacional da Cultura Popular.
Ao todo, o CNPC conta com 17 Colegiados Setoriais das seguintes áreas: Cultura Popular e Tradicional, Artesanato, Patrimônio Imaterial, Cultura Afro-brasileira, Moda, Design, Arquitetura e Urbanismo, Patrimônio Material, Arquivos, Dança, Teatro, Música, Arte Digital, Artes Visuais, Livro, Leitura e Literatura e Circo. Cada colegiado é formado por 20 titulares (cinco do poder público e 15 representantes da sociedade civil) e 20 suplentes. Ao todo foram eleitos 285 representantes da sociedade civil.
O CNPC participa de atividades como a supervisão da construção do Plano Nacional de Cultura (PNC), conjunto de princípios, objetivos, diretrizes, estratégias e metas que devem orientar o governo na formulação de políticas culturais.
As atividades dos integrantes do CNPC é pública e relevante e não é remunerada. Eles recebem ajuda de custo com transporte e diária, que inclui gastos com hospedagem e alimentação durante os dias de reunião.
Euracelia Reginato, eleita para o Setorial de Música, onde também se enquadram os grupos de canto coral, defende a valorização dos "pequenos" conjuntos musicais - regionais - de todas as etnias e estilos, apoio ao cumprimento da Lei nº 11.769 de 18/08/2008 que obriga ao ensino de Música nas escolas e quer ainda a discussão e aprovação de políticas públicas para grupos de canto e corais - de todas as etnias e estilos -, inclusive para comunidades rurais.


Representantes de bens culturais registrados em reunião com o IPHAN


Jordão Zanella, candidato eleito pelo sistema virtual e Aliduino Zanella, delegado nato, afinam seu discurso com Nedi Terezinha Locatelli no Patrimônio Imaterial, ela que foi reeleita para mais um mandato de 2 anos neste Colegiado Setorial. Entre outros itens e além de políticas para a diversidade lingüística, onde o Talian está diretamente vinculado, e de garantia dos direitos difusos e coletivos na cultura, também defendem a discussão de uma legislação específica para os produtos artesanais da cultura alimentar.
Falando na plenária do IX Encontro Nacional da Cultura Popular, em Serra Talhada, no dia 28/11, Nedi denunciou que produtores estão sendo tratados como bandidos – situação inadmissível - e cobrou do MinC atitudes de defesa dos mestres da cultura alimentar. “Pelas convenções internacionais de cultura, estes que são tratados como infratores, são os mestres, os guardiões dos conhecimentos tradicionais da cultura alimentar. E isso não é pouca coisa!” declara a conselheira titular de Patrimônio Cultural Imaterial.
Nedi, Aliduino e Jordão também participaram de reunião da Rede de Bens Registrados com o IPHAN. O Talian é patrimônio cultural registrado como língua de referência cultural brasileira.
Santa Catarina é o único estado que teve representantes do Talian nas eleições nacionais do CNPC, todos integrantes da FEIBEMO – Federação das Entidades Ítalo-Brasileiras do Meio Oeste e Planalto Catarinense dando representatividade também à ASSODITA – Associação dos Difusores do Talian, de abrangência nacional.


Serra Talhada
https://www.facebook.com/aliduino.zanella.5/posts/554006338083545


Aliduino Zanella
30 de novembro às 09:56

70 mil eleitores
Maior mobilização da sociedade civil em prol da cultura
17 Colegiados
285 eleitos titulares
285 eleitos suplentes
Eleição do Colegiado de Cultura Imaterial. (e-mail Édina)
Forum Nacional Setorial das Culturas e Povos Tradicionais

Colegiado Setorial de Patrimônio Imaterial em Serra Talhada Pernambuco
Sábado, 26/11/2015

Apresentação dos/as participantes, coordenação dos trabalhos e relatoria.
Participantes:
1. Daiara Hori / DF - Mestranda Direitos Humanos
2. Joana Monteiro/Pará – Destaca Plano Setorial Patrimônio Imaterial
3. Mirna Naiara /RS – Povo de matriz africana
4. Rita Santos – Coordenação Baianas de Acarajé
5. Letícia Silva/BA – Coordenação Recôncavo
6. Oneide Monteiro (Mametu Nangetu)/PA
7. Nilcemar Nogueira/RJ - Centro Cultural Cartola
8. Edevaldo Silva/GO – Pesquisador Geografia Agrária e Cultural com foco em patrimônio imaterial
9. Aerton Alves/PI – Curador Fundação Cultural
10. Dagoberto Mota/Roraima – Mestre Capoeira. Presidente da Federação
11. Maria José/PB – Historiadora. Mestre em patrimônio pela Universidade PB (Campina Grande)
12. Nicolas Ramanush/SP – povo cigano
13. Socorro Lima/Manaus – Professora, pedagoga,pesquiasadora das etnias negra e indígena
14. José Carlos Santos/SE – Mestre capoeira. Atua com famílias quilombolas
15. Cláudio Brandão/PE – Salvaguarda do Frevo. Conselho Municipal Cultura do Recife
16. Ana Vaneska/BA – Conselheira Cultural do Estado da Bahia
17. Daniele Brito/RN – Coordenação Plano Estadual de Cultura. Especialista em estudo cultural
18. Denilce Rabelo/Pará – Conselho Municipal de Cultura
19. Pai Neto de Azile/MA – Tambor de Crioula. Vodu Tambor de Minas
20. Cecilia Pellegrini/SP – Delegada nata
21. Fabiano Costa/Amapá – Associação Capoeira Amapá
22. Silviane Ramos/Marto Grosso – Quilombola. Historiadora
23. Lina Rosário/Acre – Questões indígenas. Propõe transversalidade
24. João Amaro/Santana de Parnaiba SP – Samba Rural Paulista (interior de SP). Centro de Memória. Aguardando reconhecimento pelo Iphan
25. Aldemar Araujo/Bragança PA – Mestre Planejamento Social. Resgate da Rabeca. Oralidade, memória e identidade na universidade do Pará
26. Miguel Pereira Neto/CE – Pai Neto
27. Giane Maria de Souza/SC (Joinvile) – Delegada nata. Historiadora. Atenção à Lei de inventário do patrimônio cultural
28. Aliduino Zanella/SC – povos imigrantes italianos. Escritor. Pesquisador idioma local
29. Jordão Zanella/SC – Federação Entidades Italo Brasileiras
30. Lai Bottman/Paraná – Cultura Alimentar. Design de Produto
31. Nedi Locatelli/SC (interior) – Identidade italiana. Cultura nas comunidades rurais
32. Claudete Nascimento Machado/Amapá – Patrimônio Imaterial. Invisibilidade na cultura das pessoas com necessidades especiais
33. Mirian Araujo/Alagoas – Sacerdotiza das religiões de Orixá
34. Edna Costa/Ilha de Marajó Pará – Mestra em Cultura Tradicional. Plano não existe graças ao Iphan.
35. Francisco Vale Pereira/SC – Presidente Comissão Catarinense de Folclore
36. Rosinaldo Paes/Amapá – Mestre Capoeira

Coordenação dos trabalhos:
Tetê Catalão
Diretor Nacional Departamento de Patrimônio Imaterial - IPHAN (três meses)
Um dos criadores dos Pontos de Cultura

Gilson Matias/RN
Representação Regional Nordeste / MinC

Relatoria:
Luciene Malta
Confraria da Cultura Pernambucana


SERRA TALHADA – PE – COLEGIADO DE PATRIMÔNIO IMATERIAL DO CNPC


Fotos:




Publicação Jornal Extra


LANÇAMENTO EM CAÇADOR

   
Vídeos
(Clique com o botão direito em cima e escolha "Salvar destino como..." - Salve no seu computador para posteriormente abrir).

 


Aliduíno e a esposa Nair


Entrega do Livro ao Governador Raimundo Colombo
 


Voltar